Decifrando o pedágio
Geral
01/04/2021

Decifrando o pedágio

Nesta entrevista, o presidente do Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), Rainer Zielasko, fala sobre a nova proposta de pedágios no Paraná e a mobilização da população e entidades pelo pedágio sem outorga. De uma maneira clara e objetiva, Zielasko decifra o termo “outorga” e explica o porquê desta modalidade ser tão prejudicial à região, bem como o impacto na vida de cada cidadão.

Geral
16/03/2021

Programa Oeste em Desenvolvimento comemora conquista de área livre sem vacinação

O Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) reconheceu o Paraná como área livre de febre aftosa sem vacinação. O ato foi oficializado por meio da Instrução Normativa (IN) 52, assinada pela ministra Tereza Cristina e publicada ainda no exercício de 2020.

Geral
15/03/2021

Em dez anos, valor do pedágio será 70% maior

A nova proposta do Ministério de Infraestrutura para a licitação do pedágio no Paraná, para o período de 30 anos (de dezembro de 2021 a dezembro de 2051), prevê uma arrecadação (sem correção) de R$ 156 bilhões. Não se assuste! É isso mesmo. Um valor que, aos preços de hoje, dá para comprar três milhões e 120 mil carros populares.

Geral
06/02/2021

Oeste levanta a voz contra “pedágio caro por mais 30 anos”

Audiência da Assembleia Legislativa em Foz do Iguaçu amplifica críticas ao modelo de concessão apresentado pelos governos federal e estadual.

Desafios estratégicos do POD

Pautas Prioritárias

Segurança alimentar para o mundo

O Oeste do Paraná é considerado um dos maiores centros mundiais de produção e exportação de grãos e proteína animal (aves, suínos e bovinos), a região Oeste quer atingir excelência plena em sanidade animal e o reconhecimento de status “Livre de Aftosa sem vacinação”.

Energia limpa e diversificada

Sede de Itaipu, maior geradora de energia hídrica do mundo, a região quer ser também exemplo de geração alternativa. Além da recente isenção de ICMS e em novos incentivos energia distribuída o Plano Energético do Oeste, defende melhorias na rede de alta tensão na área rural.

Piscicultura que agrega valores

Outra meta prioritária do Programa é apoiar e fomentar a piscicultura como alternativa de renda. A região produz, a cada dia, 200 mil tilápias, que são processadas em modernos frigoríficos e destinadas ao consumo interno e à exportação. Esforços se concentram em melhoria genética.

Racionalizar os meios de transporte

Investimentos em infraestrutura e logística são prioritários para a construção de um modelo ideal para futuro regional. Incluem-se nesses investimentos, uma nova ferrovia entre Dourados (MS) e Paranaguá (PR), o aeroporto regional entre Cascavel e Toledo e um novo modelo de concessão de pedágio rodoviário.

Inovação para a sustentabilidade

A inovação é outro fator importante para sustentar o desenvolvimento da região Oeste Paranaense. A proposta das Entidades que integram o Programa busca estimular novos programas de inovação regional e fortalecer aqueles que já estão em ação, como Inova Oeste e ConectaDel.

Saneamento ambiental integral

Outra bandeira do POD visa criar e regularizar os aterros sanitários, implantar coleta seletiva e destinação de resíduos. O plano é Instituir planos municipais de saneamento em todos os 54 municípios da sua área de abrangência, promovendo o saneamento ambiental integral em toda a região.

Destaques do Oeste para você

Jesuítas